Botswana Mozambique South Africa Zimbabwe Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Bacia do Rio
 Introdução
Geografia
Clima e Tempo
Hidrologia
Qualidade da Água
Ecologia e Biodiversidade
 Ecologia
 Ecologia Aquática
 Terras Húmidas
 Biodiversidade
 Biodiversidade da Bacia do Rio Limpopo
 Biomas Terrestres e Eco-regiões
 Recursos de Biodiversidade
Impactos da Acção Antropogénica sobre a Biodiversidade
 A Avaliação dos Ecossistemas do Milénio
Resumos das Sub-Bacias
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Impactos da Acção Antropogénica sobre a Biodiversidade  

Os impactos da acção antropogénica sobre a biodiversidade geralmente caracterizam-se pelos aspectos em mencionados seguida:

  • Qualidade de água;
  • Quantidade de água;
  • Espécies exóticas invasoras; e
  • Alteração do uso da terra.

As principais actividades humanas que causam impactos sobre a biodiversidade são:

  • Actividade agrícola;
  • Actividade mineira;
  • Actividade industrial;
  • Desenvolvimento de infra-estruturas; e
  • Urbanização.

Em seguida são desenvolvidos os dois aspectos influenciados pela acção antropogénica bem como a avaliação preliminar sobre o estado ecológico da bacia do rio Limpopo.

Apesar dos esforços para a conservação da biodiversidade, os factores motores para o desenvolvimento sócio-económico continua a constituir uma ameaça aos recursos naturais.
Fonte: ©iStockphoto/Genis 2009
( clique para ampliar )

Qualidade de Água

A qualidade de água desempenha um papel fundamental na determinação da distribuição das espécies aquáticas. De acordo com UNDP-GEF 2008, as alterações de concentração de Sólidos Totais Dissolvidos (TDS) podem afectar as espécies aquáticas a três níveis:

  • Impactos que afectam a adaptação das espécies individuais;
  • Impactos sobre a estrutura da comunidade; e
  • Impactos que afectam processos microbiológicos e ecológicos como o taxa metabólica e o ciclo dos nutrientes.

O biota aquático é afectado pela presença de metais pesados, Poluentes Orgânicos Persistentes (POPs) e outros poluentes químicos. Estes contribuem para a redução da biodiversidade (species richness) e alteração da composição das espécies, mesmo com a eliminação selectiva das espécies mais tolerantes.

Os resíduos agrícolas e retornode efluentes agrícolas podem conter uma concentração de nutrientes elevada, causando a Eutroficação. Esta manifesta-se através do desenvolvimento acelerado e massivo de plantas aquáticas, que reduzem a concentração de oxigénio e destruem o equilíbrio entre as plantas e animais num curso de água.

Quantidade de Água

A redução do caudal devido a irrigação e abastecimento de água resulta em redução da disponibilidade de água para os ecossistemas á jusante. A água é essencial para a vida no meio aquático, e a redução do caudal causa um impacto directo sobre a biodiversidade, limitando o crescimento de todos os organismos.

Para além dos factores acima referidos, os caudais sazonais resultantes da regulação executada nas barragens podem causar um impacto negativo sobre os ecossistemas aquáticos e ribeirinhos. As variações sazonais em termos de disponibilidade de água, são muitas vezes a parte fundamental do ciclo de crescimento das plantas, particularmente aquelas adaptadas á vida na zona ribeirinha e nas planícies fluviais como a área ocupada pela bacia do rio Limpopo.

Espécies Exóticas Invasoras

As Espécies Exóticas Invasoras muitas vezes não possuem inimigos naturais na região onde invadem. Contudo, elas podem competir com as espécies nativas pela ocupação do espaço, uso de nutrientes e energia solar. A infestação das plantas aquáticas pode alterar o caudal dos rios e riachos, causando rotura no ecossistema aquático. A redução da penetração da luz solar na água e alterações na vegetação das margens dando lugar á erosão, constituem factores que afectam e alteram os ecossistemas aquáticos.

A infestação das plantas aquáticas tem consequências sócio-económicas importantes (UNDP-GEF 2008).

Consequências Sócio-económicas devido ao Aumento da Infestação de Espécies Exóticas Invasoras

  • Estética afectada, aspecto que influencia negativamente quanto ao potencial para o desenvolvimento do turismo na bacia.
  • Redução da disponibilidade de água devido ao consumo pelas espécies exóticas invasoras.
  • Aumento de picos de cheias como resultado da degradação das terras húmidas e sistemas adjacentes.
  • Aumento do custo do consumo de água como resultado da redução da disponibilidade de água e degradação da qualidade de água.
  • Redução do potencial de produtividade das terras agrícolas

Fonte: UNDP-GEF 2008

Alteração do Uso da Terra

O impacto da acção antropogénica (actividades humanas) sobre a paisagem pode ser analisado aplicando o índice Human Footprint Index, usado por SEDAC na Columbia University nos Estados Unidos (Last of the Wild Data Version 2, 2005b), conforme indicado no mapa abaixo apresentado. Esta análise indica os impactos directos resultantes das actividades humanas nos biomas da WWF, mostrando claramente a transformação em grande escala da região ocidental da bacia do rio Limpopo, devido a urbanização e desenvolvimento agrário.

Human Footprint Index (Índice da Pegada Humana) para a bacia do rio Limpopo.
Fonte: Last of the Wild Data Version 2, 2005b
( clique para ampliar )

Acção Antropogénica como Causa da Perda da Biodiversidade

Actividade Agrícola

A actividade agrícola causa uma série de impactos sobre a biodiversidade, e estes incluem os seguintes:

  • A qualidade de água pode ser afectada devido aos resíduos agrícolas (gado e agricultura) podendo alterar o ciclo dos nutrientes e os ecossistemas terrestres.
  • A alteração da cobertura da terra, afecta o regime hidrológico e escoamentos.
  • A introdução das espécies exoticas invasoras nos ecossistemas que competem com as espécies nativas.
  • A aplicação de pesticidas incluindo os insecticidas pode causar danos nas comunidades de plantas e, a composição química destas substâncias pode ser tóxica para o biota.

Actividade Mineira

A actividade mineira causa uma série de impactos bem conhecidos sobre a biodiversidade, e estes incluem os seguintes:

  • A qualidade de água pode ser negativamente afectada devido aos metais pesados e resíduos ácidos resultantes da actividade mineira, causando danos sérios aos ecosistemas; entoxicação das espécies de peixe e mamíferos devido à bio-acumulação dos ácidos.
  • A redução da quantidade de água pode ser causada pela abstração da água subterrânea ou abstração nos rios para uso durante as operações de mineração e processamento.
  • Excavações para exploração mineira, causam grandes alteracoes na paisagem natural e regime hidrológico devido a acumulacao de montanhas de rochas escavadas, cascalho, e poeiras.

Indústria

A actividade industrial causa uma série de impactos bem conhecidos sob a biodiversidade, e estes incluem os seguintes:

  • A qualidade de água pode ser negativamente afectada devido aos efluentes industriais, causando danos aos ecossistemas; entoxicação das espécies de peixe e mamíferos devido à bio-acumulação dos constituintes nos efluentes industriais.
  • Algumas actividades industriais usam um volume considerável de água, podendo contribuir para a redução dos caudais.
  • A alteração da cobertura da terra devido as actividades industriais causam degradação na paisagem natural.

Desenvolvimento de Infra-estruturas

O desenvolvimento de infraestruturascausa uma série de impactos bem conhecidos sobre a biodiversidade, e estes incluem os seguintes (Ashton et al. 2001):

  • Redução ou alteração dos caudais das barragens limitando a disponibilidade de água para os ecossistemas.
  • A qualidade de água pode ser negativamente afectada, particularmente em termos de temperatura.
  • Para além dos impactos acima referidos, a qualidade de água pode ser negativamente afectada devido aos sistemas de transporte causando derrames, acumulação de manchas de combustíveis e poluição automotiva.

Urbanização

A urbanizaçãocausa uma série de impactos bem conhecidos sob a biodiversidade, e estes incluem os seguintes:

  • A alteração da cobertura da terra devido ao desenvolvimento urbano, óbviamente retira alguns elementos da paisagem.
  • Alteração do regime hidrológico pode resultar em aumento ou redução da disponibilidade de água para a biodiversidade devido a introdução de superfícies impermeáveis.
  • A degradação da qualidade de água devido à poluição resultante de saneamento inadequado pode afectar negativamente a biodiversidade.

Estado Ecológico

O mapa em seguida apresentado contém uma avaliação preliminar sobre o estado ecológico da bacia do rio Limpopo. Este assunto é discutido com mais profundidade na secção Caudais Ecológicos deste capítulo.

Estado ecológico das sub-bacias do rio Limpopo.
Fonte: LBPTC 2010
( clique para ampliar )

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Limpopo


Explore as interacções entre os organismos no meio aquático


Examine como o ciclo hidrológico faz a água circular na Terra


Cenas de vídeo filmadas ao longo do rio Limpopo relacionadas com o tema A Bacia do Rio