Botswana Mozambique South Africa Zimbabwe Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Bacia do Rio
 Introdução
Geografia
Clima e Tempo
Hidrologia
Qualidade da Água
Ecologia e Biodiversidade
 Ecologia
 Ecologia Aquática
 Terras Húmidas
 Biodiversidade
 Biodiversidade da Bacia do Rio Limpopo
Espécies Endémicas e Exóticas e Invasoras
 Biomas Terrestres e Eco-regiões
 Recursos de Biodiversidade
 Impactos da Acção Antropogénica sobre a Biodiversidade
 A Avaliação dos Ecossistemas do Milénio
Resumos das Sub-Bacias
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Espécies Endémicas e Exóticas e Invasoras  

O termo espécies endémicas refere as espécies ou taxa que somente ocorre numa região específica e em nehuma outra. Endemismo é frequentemente usado como medida de integridade e saúde de um ecossistema. As espécies exóticas invasoras são introduzidas se puderem constituir ameaça perante as espécies endémicas.

Espécies Endémicas

A seguinte informação é baseada em dados a nível de país, pois não existe avaliação sobre a diversidade feita para a bacia do rio Limpopo até a presente data.

Botsuana

O Botsuana possui mais de 900 espécies de animais, amfíbios, aves, e répteis e 0.8% destes são endémicos ao Botsuana (Mongabay.com 2009). Aproximadamente 30.2% do país são protegidos, 3 vezes mais aquilo que constitui a média na África subsariana que é de 10. 9% (Earth Trends 2009). Botsuana tem um sítio RAMSAR de importância internacional, que é o delta do Okavango. O Okavango desagua no deserto do Kalahari, formando um dos mais extensos deltas interiores do mundo.

Sumário do número total de espécies endémicas no Botsuana.

Taxa

Número de Espécies

Espécies Endémicas

Répteis

133

4

Amfibios

28

0

Mamiferos

169

0

Peixe*

1

0

Aves em reprodução

184

3

Plantas

2 151

174

.. = no data
Source: WCMC (1994) Adapted from Mongabay.com 2009; *Earth Trends 2009

Moçambique

Moçambique ratificou a Convenção da Diversidade Biológica em 1995 e o Protocolo sobre Biosegurança em 2003. As estimativas actuais sugerem que acima de 5 500 espécies de plantas, 580 aves e 200 mamíferos podem ser encontrados em Moçambique (CBD 2010b). As áreas protegidas em Moçambique foram estendidas para 15% recentemente a partir dos 11% anteriores, com a adição ecossistemas costeiros e marinhos e reservas e o Parque Transfronteiriço do Limpopo. A cobertura florestal foi estimada em 62 Mha em 1994 (CBD 2002b), mas provavelmente tenha ficado alterado significadamente devido a pressoes da expansão da população rural e urbana em busca de materiais de construção e combustíveis.

O número e proporção das espécies endémicas e ameaçadas em Moçambique são apresentadas na tabela abaixo.

Sumário do número total de espécies endémicas em Moçambique.

Taxa

Número de Espécies

Espécies Endémicas

Mamíferos

179

2

Aves

678

0

Répteis

..

5

Amfíbios

62

1

Peixe de Água Doce

..

-

Plantas

5692

219

.. = no data
Source: WCMC (1994)

África do Sul

A África do Sul tem o terceiro maior nível de biodiversidade no mundo, com 7,5% de plantas vasculares, 5.8% de espécies de mamíferos 8% de espécies de aves 4.6% de espécies de répteis, 16% de espécies de peixe marinhos e 5.5% de espécies de insectos registadas (DEAT 2009a).

A África do Sul sozinha possui 582 áreas protegidas (160 reservas privadas e 422 áreas sobre protecção nacional, provincial ou autoridades locais) DEAT 2009a). As 422 áreas formalmente protegidas cobrem 65 da área territorial. Embora não seja conhecida a população conservada em tais áreas, existem cerca de 74% de plantas, 92% de amfíbios e répteis, 97% de aves, e 93% de espécies de mamíferos na África do Sul estimados.de estarem representados (DEAT 2009a). O número e a proporção de espécies endémicas ameaçadas na África do Sul são apresentados na tabela abaixo.

Sumário do número total de espécies endémicas na África do Sul.

Taxa

Número de Espécies

Espécies Endémicas

Mamíferos

247

35

Aves

790

8

Répteis

299

81

Amfíbios

95

45

Peixe de Água Doce

94

-

Plantas

18 388

11 033

.. = no data
Source: WCMC (1994)

Zimbabué

O Zimbabué ratificoua Convenção da Diversidade Biológica em 1994 e o Protocolo sobre Biosegurança em 2005. A biodiversidade joga um papel importante na economia Zimbabueana, e como país a economia é também dependente dos recursos naturais, incluindo a fauna bravia e turismo. Os esforços de conservação estão estendidos para cerca de 17% da área territorial do Zimbabué, com aproximadamente 15% do território abrangido por parques, reservas florestais e jardins botânicos. As ameaças a biodiversidade incluem as mudanças provocadas pelo uso da terra, deflorestamento, mineração, barragens e expansão urbana (CBD 2010b). O número e proporção das espécies endémicas no Zimbabué são apresentadas na tabela abaixo.

Sumário do número total de espécies endémicas no Zimbabué.

Taxa

Número de Espécies

Espécies endémicas

Mamíferos

270

0

Aves

648

0

Répteis

153

2

Amfíbios

120

3

Peixe de Água Doce

112

-

Plantas

4440

95

.. = no data
Source: WCMC (1994)

Espécies Exóticas Invasoras

A invasão das espécies exóticas invasoras dos ecossistemas não nativos constitui o principal factor da perda da biodiversidade á escala mundial (CBD 2010b). Estas espécies são intencionalmente ou acidentalmente introduzidas num ecossistema e, uma vez estabelecidas ameaçam as espécies de plantas nativas, através de vários mecanismos que incluem o rápido crecimento das espécies e a degradação dos ecossistemas.

Os ecossistemas que ja foram alterados pela acção antrogénica (acção humana). São frequentemente estao mais em risco de invasão do que nos ecosisstemas intactos.

Para além desta perda significante em termos financeiros, outros impactos directos afectam a África Austral e o aumento da abstração da água por muitas espécies de plantas exóticas invasoras. Esta constitui um dos principais factores que orientam o Programa South African Working for Water programme cujo objectivo é o alívio a pobreza através de programas associados á limpeza das comunidades de plantas exóticas invasoras.

Sumário do número total de espécies conhecidas da bacia do rio Limpopo (sem dados do Zimbabué).

 

Plantas

Aves

Répteis

Peixe

Insectos

Aranhas

Moluscos

Patogenos de Plantas

Botsuana

7

   

3

       

Moçambique

12

1

   

6

   

3

África do Sul

503

15

1

58

225

24

25

 

Zimbabué

..

..

..

..

..

..

..

..

.. = sem dados
Fonte: Scholes e Biggs 2004

Para além da limpeza mecânica/física, as plantas exóticas invasoras podem ser controladas usando agentes biológicos, mas estes agentes biocontroladores, devem ser extensivamente testados antes da sua colocação, uma vez que os impactos negativos causados por estes podem superar os das plantas exóticas invasoras.

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Limpopo


Explore as interacções entre os organismos no meio aquático


Examine como o ciclo hidrológico faz a água circular na Terra


Cenas de vídeo filmadas ao longo do rio Limpopo relacionadas com o tema A Bacia do Rio