Botswana Mozambique South Africa Zimbabwe Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management

 

Mudanças Climáticas na África Austral

As mudanças climáticas prevêm o aumento na ocorrência de eventos catastrósficos relacionados coms as condições atmosféricas, com estimativas de aumento na ordem de 3 vezes mais do que para eventos não associados às condições atmosféricas (McMullen and Jabbour 2009).

A informação referida abaixo faz parte do estudo realizado por CESR na Universidade Kassel na Alemanha. O estudo tinha como objectivo desenvolver um modelo e avaliar o impacto das mudanças climáticas na disponibilidade de água versos o aumento populacional (aumento da demanda de água). A equipa que desenvolveu o modelo procedeu a uma avaliaçãoda situação actual, baseada em dados históricos no período de 1961-1995, e analisaram ainda o periodo 2055 a 2075.

A avaliação inclui a seguinte análise:

  1. Disponibilidade de água (km³/a) – potencial de disponibilidade média de água na bacia a longo prazo, calculada tendo em consideração o cenário de um clima normal para o período de 1961-1990, e os cenários do IPCC SRES A2 para o período 2055-2075. Para o efeito, fez-se a combinação entre o escoamento de água superficial e a recarga de águas subterrâneas.
  2. Demanda total de água (km³/a) – o período entre 1995 e os futuros consumos de água no futuro para os sectores doméstico, industrial, de irrigação e pecuária. Os requesitos de água para a irrigação são computurizados, usando clima normal para o período 1961-1990 e os cenários de clima A2 para o periodo 2055-2075.
  3. Rácio entre a disponibilidade e demanda de água (%) –a razão entre o consumo total anual de água (abstracção da água superficial e subterranea) e a disponibilidade total anual de água à escala da bacia. Este indicador de stress de água descreve a intensidade da pressão colocada aos recursos hídricos e aos sistemas aquáticos por factores externos de mudança. Quanto maior for o volume de água, usada e devolvida ao rio, maior se deteora ou se esgota e, maior também é o stress hídrico.

A Informação adicional sobre o cenário climático IPCC SRES A2, pode-se encontrar visitando o site UNEP GRID. A equipa CESR fez também a avaliação com aplicação do cenário climático B2, contudo devido a limitação do espaço, mostra-se apenas uma avaliação.

Conforme se pode verificar, a série de dados indica-nos que a disponibilidade de água tende a reduzir com o aumento da demanda de água, resultando na intensificação da escassez da água ao longo do tempo.

Disponibilidade de Água (km³/ano)

Situação actual.
( clique para ampliar )
2055.
( clique para ampliar )
2075.
( clique para ampliar )

Procura Total De Água (km³/ano)

Situação actual.
( clique para ampliar )
2055.
( clique para ampliar )
2075.
( clique para ampliar )

Taxa da Disponibilidade da Água em Relação à Procura (%)       

Situação actual.
( clique para ampliar )
2055.
( clique para ampliar )
2075.
( clique para ampliar )