Botswana Mozambique South Africa Zimbabwe Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Bacia do Rio
 Introdução
Geografia
Clima e Tempo
 Princípios do Clima e Tempo
 Clima da Bacia do Rio Limpopo
 Clima Regional
 Padrões Climáticos
Variabilidade Climática
 Classificação Climática
 Escassez de Água
 Seca
 Ciclones
 Mudança Climática
Hidrologia
Qualidade da Água
Ecologia e Biodiversidade
Resumos das Sub-Bacias
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Clima da Bacia do Rio Limpopo: Variabilidade Climática  

A variabilidade temporal e especial das condições do clima é fundamental para a agricultura e a gestão natural dos recursos naturais (Hartkamp et al.)O que também é igualmente importante é a variabilidade da precipitação, particularmente no que diz respeito ao uso humano e às tentativas de gestão do recurso. Por exemplo, conhecimento prévio sobre quando é que a precipitação irá ocorrer é bastante crítico à gestão de recursos hídricos (Mishra 1991) e para a produtividade da agricultura. Para além disso, tem um impacto significativo para a segurança alimentar, uma vez que uma grande variabilidade resulta em altos níveis de incerteza.

As áreas onde é consistente a previsão da precipitação, foram capazes de alcançar um desenvolvimento agrícola e municipal devido a fiabilidade no abastecimento de água. Por outro lado, as regiões que sofre de alta variabilidade da precipitação também sofrem de altos níveis de incerteza, o que se traduz que o desenvolvimento é feito com um alto nível de risco a partir das cheias e secas.

Para alem do impacto directo na agricultura de subsistência (sque depended a chuva), uma alta variabilidade climática requer um grande investimento em infrastruturas de armazenamento de água por forma a manter os mesmos níveis de produção. A região da África Austral é sujeita à radição solar bastante elevada, por isso, a variabilidade inter-anual torna-se a principal determinante da produção agrícola (Lumsden and Schulze 2005).

Coeficiente da Variação da Precipitação

Um método para determiner a variabilidade da precipitação é o cálculo do Coeficiente da Variação da Precipitação (CV). Este coeficiente é calculado como um desvio padrão dividido pela média por forma a permitir comparações da variabilidade da precipitação (Commonwealth of Australia 2006). Schulze (2006) define a CV (%) como “uma medição relativa da dispersão, uma vez que facilita a comparação relativa da variabilidade e toma em consideração a magnitude da média e é independente da unidade original de medição sendo expressa em percentage”.

Na porção Zimbabueana da bacia, a CV é aproximadamente de 40%, com a probabilidade de mais de 500 mm/a de precipitação, com < 60% nas zonas altas do sul (Southern Highveld), < 30% nas zonas de planície do sul (Southern Lowveld) e < 10% nas áreas perto de Beitbridge (perto da fronteira com a África do Sul) (FAO 2004). Enquanto que existem alguns coeficiente de variação localizáveis para áreas específicas (como indicado acima) não existe, neste momento, uma avaliação à escala da bacia dos valores de CV%.

O mapa abaixo apresenta uma estimative preliminary do CV% para a abacia do Limpopo, baseado na média da precipitação mensal dos dados obtidos através da FAO (2000).

CV% da bacia do rio Limpopo.
Fonte: Hatfield 2010/FAO 2000
( clique para ampliar )

Variabilidade da Temperatura

Os mapas abaixo mostram as temperaturas médias para as diferentes estações. A imagem à esquerda mostra as temperaturas médias para Janeiro (verão) e a imagem à direita é Julho (inverno).

A variação da temperatura na porção à Este da bacia, é consideravelmente mais baixa do que a Oeste, com temperaturas no inverno a norte das montanhas de Drakensberg chegando a atingir cerca de 2°C.

Temperaturas médias diárias em Janeiro.
Fonte: FAO 2000
( clique para ampliar )
Temperaturas médias diárias em Julho.
Fonte: FAO 2000
( clique para ampliar )

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Limpopo


Explore as interacções entre os organismos no meio aquático


Examine como o ciclo hidrológico faz a água circular na Terra


Cenas de vídeo filmadas ao longo do rio Limpopo relacionadas com o tema A Bacia do Rio