Botswana Mozambique South Africa Zimbabwe Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A População e o Rio

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Distribuição de Actividades Económicas: Botsuana  

De 1966 a 1999, o Botsuana manteve a taxa média mais elevada de crescimento económico mundial, com uma média anual de aproximadamente 9 % durante esse período. Nos últimos 35 anos, o Botsuana deixou de ser um país de rendimento baixo, passando a ter um rendimento médio (Government of Botswana 2009). Isso foi possível, em grande parte, devido à mineração de diamantes, à implementação de políticas fiscais prudentes, à assistência técnica e financeira internacional e à uma política externa conservadora.

A mineração de diamantes representa um terço do Produto Interno Bruto (PIB) da nação (35 %) e de 70 a 80 % da sua receita de exportação (World Fact Book 2009). Outros sectores-chave da economia no Botsuana são o turismo, a agricultura pecuária (bovinos), a agricultura de subsistência e os serviços financeiros. No entanto, apesar do crescimento económico, ainda há desigualdade na distribuição de rendimentos entre as áreas rurais e as áreas urbanas (World Fact Book 2009).

A maior parte do território do Botsuana na bacia hidrográfica do rio Limpopo é rural. Existem seis distritos administrativos na bacia: Nordeste, Central, Kgatleng, Sudeste e partes de Kweneng. Os principais centros urbanos da bacia são Serowe, Selebi-Phikwe, Palapye, Mahalapye, Francistown, Mochudi e Gaborone, para além de um pequeno número de povoações de pequena e média dimensão (LBPTC 2010).

Agricultura

A agricultura contribui apenas com 4 % do PIB em Botsuana; contudo, 65 % do total da população na bacia do Limpopo vive em terras de exploração agrícola e muitos dependem da agricultura como meio de vida (UNEP 2007 e LBPTC 2010). A maioria das actividades agrícolas na bacia estão ao nível da subsistência com explorações agrícolas de dimensão média entre 1 e 3 ha de terra (LBPTC 2010). A dimensão das terras de exploração agrícola tem diminuído com o aumento da população da bacia. As terras de exploração agrícola de menor dimensão têm forçado os criadores de gado a passarem da pecuária tradicional para a criação de pequenos ruminantes. Outras tendências têm presenciado um aumento nos sistemas de produção peri-urbanas, tais como empresas intensivas focalizadas na especialização e orientação para o mercado, e grandes operações em escala comercial.

A área do Botsuana na bacia hidrográfica do rio Limpopo.
Fonte: Hatfield 2010
( clique para ampliar )

Mineração

Apesar de não ser tão prevalente na bacia do Limpopo como em outras partes do Botsuana, a mineração de cobre, de níquel e de diamantes na bacia contribui grandemente para o crescimento económico. Além da exploração destas minas, há também planos para a mineração do carvão em Morupule e Mmamabula.

Turismo

O turismo é cada vez mais popular no Botsuana com populações de animais selvagens e populações locais de importância histórica ao longo do rio Limpopo e em Tuli Block. Há várias reservas de caça e “santuários” (refúgio de animais) situados na bacia, incluindo quintas Tati, reserva de caça de Mashatu, a Reserva de Caça de Mokolodi, reserva de caça de Gabarone, Santuário de Khama Rhino e vários campos reservados à caça privada. Os locais de importância histórica que atraem os turistas são Lepokole, Tswapong, Shoshong Hills, Moremi Gorge as ruinas de Domboshaba, a Caverna de Kobokwe (Livingstone) e as Pegadas de Matsieng (LBPTC 2010).

Outra atracção turista é o Trópico de Capricórnio (Latitude 23°26S"), que também passa pelo distrito central do Botsuana, dentro da bacia do rio Limpopo.

Os recursos ricos da vida selvagem do Botsuana contribuem significativamente para a economia - Mashatu Game Reserve.
Fonte: Hatfield 2010
( clique para ampliar )

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Limpopo


Cenas de vídeo filmadas ao longo do rio Limpopo relacionadas com o tema A População e o Rio


Veja o cronograma histórico dos países da bacia do rio Limpopo, incluindo os acordos de água e construções de barragens