Botswana Mozambique South Africa Zimbabwe Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Governância da Água

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Organizações de Bacias Hidrográficas na SADC  

Encontra-se abaixo um resumo das Organizações de Bacias Hidrográficas (RBOs) na SADC.

Pode-se encontrar informação adicional sobre todas as RBOs dentro da SADC no que diz respeito aos parceiros internacionais de cooperação, na website dos parceiros: www.icp-confluence-sadc.org/rbosummary.

Comité Técnico Permanente Tripartido do Nkomati

O Comité Técnico Permanente Tripartido (TPTC) é uma colaboração entre a África do Sul, Moçambique e Suazilândia. A cooperação em matéria de gestão conjunta da Bacia Hidrográfica do Rio Nkomati foi iniciada em 1992 com a assinatura dos acordos de Nkomati entre a África do Sul e Suazilândia. Moçambique assinou o acordo em 2002, fazendo com que o TPTC fosse uma das primeiras RBO na África Austral. O mandato do TPTC é de gerir o fluxo da água dos Rios Nkomati e Maputo, especialmente durante os tempos de cheias ou seca.

Comissão Internacional do Congo-Oubanqui-Sanqha (CICOS)

A Comissão Internacional da Bacia Hidrográfica do Congo-Oubangui-Sangha (CICOS) foi estabelecida em 1999. Os Estados membros do CICOS são Camarões, República Centro Africana, República Democrática do Congo e República do Congo. O objectivo principal do CICOS é de melhorar a cooperação entre os Estados membros e eventualmente promover a Gestão Integrada dos Recursos Hídricos (GIRH).

Nos últimos anos, a atenção tem sido voltada para grandes projectos hidroeléctricos que utilizam grandes quantidades de água do Rio Congo.

Website: http://www.cicos.info/

Conselho de Gestão da Água da Bacia do Rio Pangani (PBWB)

A Bacia Hidrográfica do Rio Pangani cobre uma área de cerca de 42,000 km2 partilhada entre o Quénia e a Tanzânia. Os dois países estabeleceram o Conselho da Água da Bacia Hidrográfica do Rio Pangani (PBWB) e a Agência da Água da Bacia Hidrográfica (PBWO) em Julho de 1991, para uma gestão conjunta dos recursos hídricos. O PBWO submete os seus relatórios ao PBWB. A tarefa do Conselho é de aconselhar ao administrador da água da bacia hidrográfica em todas as matérias concernentes á: distribuição da água, fixação, diminuição e modificação dos direitos da água, medidas a serem tomadas em caso de seca, prioridades a serem estabelecidas para cada uso da água na bacia hidrográfica.

Website: http://www.panganibasin.com/

Comissão Permanente da Bacia Hidrográfica do Rio Okavango (OKACOM)

Os três Estados da Bacia Hidrográfica do Rio Okavango, Angola, Botswana e Namíbia assinaram um acordo em 1994 que formou a Comissão Permanente da Bacia Hidrográfica do Rio Okavango (OKACOM). O acordo obriga os Estados membros a promover o desenvolvimento coordenado e sustentável do ponto de vista ambiental dos recursos hídricos regionais, ao mesmo tempo que resolve as necessidades legítimas sociais e económicas de cada Estado ripário. Os três países reconhecem as implicações que os desenvolvimentos do rio a jusante podem ter nos recursos a montante. A maior parte do rio encontra-se de momento subdesenvolvida e é reconhecida como uma das poucas áreas quase “intacta” do mundo.

Website: http://www.okacom.org/

De Okavango Delta.
Fonte: Garner 2009
( clique para ampliar )

Comissão do Rio Orange-Senqu (ORASECOM)

Os Governos do Botswana, Lesoto, Namíbia e África do Sul formalizaram a Comissão do Rio (ORASECOM) através do "Acordo para o Estabelecimento da Comissão do Rio Orange-Senqu" em Novembro de 2000. A ORASECOM foi a primeira comissão estabelecida a seguir á ratificação regional do Protocolo da SADC sobre Sistemas de Partilha de Cursos de Água.

Website: http://www.orasecom.org/

Autoridade do Lago Tanganica (LTA)

A Autoridade do Lago Tanganica (LTA) foi estabelecida em Dezembro de 2008 pelos governos do Burundi, República Democrática do Congo, Tanzânia e Zâmbia. A LTA promove a cooperação ao nível regional, necessária para o desenvolvimento socio-económico e gestão sustentável dos recursos naturais na bacia hidrográfica do Lago Tanganica. A LTA coordena a implementação da Convenção da Gestão Sustentável do Lago Tanganica e do Programa Regional de Gestão Integrada, que se concentra no estabelecimento da pesca sustentável, gestão das sub-bacias, controlo da poluição, adaptação à mudança climática e programas de monitorização.

Website: http://lta.iwlearn.org/

Comissão do Curso de Água do Zambeze (ZAMCOM)

O acordo para o estabelecimento da Comissão do Curso de Água do Zambeze (ZAMCOM) foi assinado em 2004 por Angola, Namíbia, Zimbabué, Malawi, Tanzânia e Moçambique. No presente momento, sete dos oito países já assinaram o Protocolo, porém apenas 4 dos sete países já o ratificaram, sendo que a Zâmbia, Malawi, Tanzânia e Zimbabué continuam pendentes. A Comissão apenas entrará em vigor quando seis dos oito países ratificarem o Acordo. Entretanto, foi estabelecido um Secretariado provisório e foi igualmente preparado um esboço de um documento para orientar o processo de operação.

Comissão da Bacia do Rio Rovuma

Os Governos da República de Moçambique e da República Unida da Tanzânia criaram muito recentemente a Comissão Conjunta da Bacia do Rio Rovuma com o objectivo principal de garantir o desenvolvimento sustentável e a utilização equitativa dos recursos hídricos na bacia transfronteiriça do rio Rovuma.

O rio Rovuma forma a fronteira entre Moçambique e a Tanzânia ao longo de 650 km a partir da foz e tem um comprimento total de cerca de 760 km. A área total da bacia do rio Rovuma é de cerca de 152 200 km², dos quais 65,39 % se encontram em Moçambique, 34,30 % na Tanzânia e 0,31 % no Malauí (SADC 2008).

Website: http://www.icp-confluence-sadc.org/taxonomy/term/65

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Limpopo


Explore the history, agreement and structure behind LIMCOM


Explore os princípios da Gestão Integrada dos Recursos Hídricos


Cenas de vídeo filmadas ao longo do rio Limpopo relacionadas com o tema Governância da Água