Botswana Mozambique South Africa Zimbabwe Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Gestão dos Recursos Hídricos

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Custos Sociais  

De acordo com um corrente de pensamento um valor ecológico é calculado a partir da utilidade que o homem deriva do uso de serviços ecológicos. Segue-se que a base para derivar medidas de valor económico do ambiente e dos seus bens e serviços que fornece são os seus efeitos no bem-estar do homem (Freeman 1993, Matete 2004).

É fácil aceitar os ecossistemas como garantidos, especialmente quando existe uma separação entre o produto final e os serviços. Nós dependemos dos serviços do ecossistema para sobreviver e temos de reconhecer a sua importância em termos de função e valor económico.

A avaliação económica de serviços do ecossistema, permite quantificar e justificar os benefícios dos serviços do ecossistema. Este é um tema muito debatido com vários estudos a fornecerem estimativas de valor de vários serviços essenciais, resultando numa variedade de valores para os mesmos serviços. A tabela abaixo é um resumo da amplitude de valores económicos que foram atribuídos aos serviços de ecossistemas aquáticos numa escala global, e mais especificamente nos países em desenvolvimento (Forslund et al. 2009).

Valores económicos de serviços de ecossistemas aquáticos na literatura recente.

Tipo de valor

Serviço fornecido

Amplitude de valores económicos na literatura

Estimativa Global (USD/ha/ano)

Países em desenvolvimento (USD/ha/ano)

Uso Directo

Água para pessoas

45-7500

50-450

Peixe/camarão/caranguejo (não recreativo)

20013

6-750

Terra fértil para agricultura, pastoreio e recessão de cheias

40-520

3-370

Vida selvagem (para alimento)

40-520

0.02-320

Vegetais e frutos

40-470

1-200

Fibra/material orgânico bruto

4513

1-40

Plantas medicinais / Material inorgânico

25-160

0.1-63

Uso Indirecto

Controlo de qualidade química da água (capacidade de purificação)

60-6700

20-1400

Mitigação de cheias

15-5500

2-1700

Reabastecimento de água subterrânea

10-90

10-90

Controlo de erosão

20-120

20-120

Sequestração de Carbono

130-270

2-2000

Estabilização de microclima

 

1026

Potencialmente todos (uso directo e indirecto, opção, legado e existência

Recreação e turismo (incl. pesca e caça)

230-3000

20-260

Conservação da biodiversidade

 

0.6-3600

Actividades culturais/religiosas/históricas/simbólicas

30-1800

8026

Valores Económicos Totais *

 

120-370

30-2900

Fonte: (Emerton & Kekulandala (2002), Turpie et al. (1999), Emerton et al. (2002), Iftikhar (2002), Emerton (1994), IUCN (2001), Emerton et al. (1999), Rosales et al. (2003), Gerrard (2004), De Groot (1992), Kirkland (1988), Thibodeau & Ostro (1981), Schuyt & Brander (2004), Busk (2002), Chowdhury (2003), Rogers et al. (1998), Sadoff et al. (2003), Karanja et al. (2001), Seyam et al. (2001), Acharya (2000), Woodward & Wui (2001), Brown (1991), MRCS (1998), Ringler & Cai (2003), Pyo (2002), Seild & Moraes (2000), Schuyt & Jansen (1999), Christensen (1982), Sathirathai (1998), Bann (1997), Drew et al. (2005), Costanza et al. (1997).) Conforme citado em Forslund et al. 2009

* Valores atribuídos pela literatura, não uma soma dos intervalos mínimos e máximos.

A mitigação de cheias é um dos vários serviços dos ecossistemas aquáticos.
Fonte: ARA-Sul 2000
( clique para ampliar )


Custo vs. Benefício

Fizeram-se tentativas de determinar benefícios sociais relacionados a ganhos de quantidade de água como resultado da erradicação de espécies exóticas na Província do Cabo Ocidental. Cerca de R4660/ha/ano de benefícios totais foram derivados como resultado da remoção de vegetação exótica (preços 2000). Desses, a maior quantidade de água contribuiu para R377/ha/ano do valor acima. Multiplicado pela área total limpa até ao ano 2000 (1,06 milhões hectares) dá benefícios totais no valor de (em termos de ganhos de quantidade de água) cerca de R400 milhões, que é cerca de metade do valor total gasto no programa no mesmo período.

Fonte: Turpie et al. 2002 em Lange and Hassan 2006

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Limpopo


Examine o comércio de água virtual e a pegada de água dos países da SADC


Investigate the dams of the Limpopo basin


Cenas de vídeo filmadas ao longo do rio Limpopo relacionadas com o tema Gestão dos Recursos Hídricos