Botswana Mozambique South Africa Zimbabwe Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Gestão dos Recursos Hídricos

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Silvicultura  

Com uma população crescente e outras pressões, as florestas diminuíram na África Austral de 1990 a 2000 em aproximadamente 8 % (FAO 2003a). A cobertura de floresta no Botsuana, Moçambique, África do Sul e Zimbabué varia entre menos de 10 % (África do Sul) a aproximadamente 50 % (Zimbabué) (FAO 2003a). O Botsuana tem pouco mais de 20 % da sua área de terra na bacia do rio Limpopo para plantação de florestas, sendo que Moçambique tem aproximadamente 40 %.

De acordo com os Indicadores de Desenvolvimento Mundiais de 2009, a desflorestação nos quatro países ribeirinhos foi bastante baixa de 2000 a 2005 variando entre 0 % a 1.7 % (Banco Mundial 2010).

A silvicultura na bacia do rio Limpopo consiste em florestas naturais e bosques e plantação comercial/florestal (FAO 2004). A última é praticada predominantemente na África do Sul e é uma actividade menor no Botsuana, Moçambique e Zimbabué.

A área de plantação total no Botsuana está calculada em 1 200 ha com 85 % pertencentes ao governo e 15 % a lotes privados. O Botsuana impôs uma proibição em todas as operações com madeira em 1992 (FAO 2003a).

Em Moçambique, o uso da terra em aproximadamente 50 % da província de Gaza e 35 % em Inhambane, na bacia do rio Limpopo, é considerado florestas densas e abertas (LBPTC 2010). Está prevista uma expansão das plantações com envolvimento do sector privado, especialmente em Moçambique.

Apesar da África do Sul ser o principal país ribeirinho a fazer plantações florestais, a área de plantação como uma percentagem da área de terra provincial total na bacia do rio Limpopo é apenas 0.5 %. O sector de plantação florestal comercial é principalmente de propriedade privada e baseado em espécies exóticas de pinheiro, eucalipto e acácias Australianas (FAO 2003a). Uma vez que estas espécies precisam de muita chuva, as plantações encontram-se na faixa de maior precipitação na África do Sul.

No Zimbabué, apesar de aproximadamente 50 % do país estar coberto por florestas, esta cobertura é limitada na bacia do rio Limpopo. As florestas naturais e bosques densos encontram-se principalmente fora da bacia. Do número mais pequeno de plantações no Zimbabué, cerca de 58 % são propriedade privada (FAO 2003a).

Apesar de não haver informação disponível sobre silvicultura nos países ribeirinhos, pode-se assumir que a demanda de água no sector de silvicultura no Botsuana, Moçambique, e Zimbabué na bacia do rio Limpopo é mínima. Todavia, o estudo de caso abaixo sugere que apesar do sector florestal comercial na África do Sul ser pequeno, as demandas de água podem ser bastante elevadas.

Aproximadamente 50 % do Zimbabué estão coberto por floresta.
Fonte: Schaefer 2010
( clique para ampliar )

ESTUDO DE CASO: Plantação florestal e Uso da Água na África do Sul

As plantações florestais ocorrem em cerca de 1.5 Mha da terra na África do Sul. Estas florestas apoiam indústrias que são importantes para a economia da África do Sul. Apesar da área destas florestas ser relativamente pequena (pouco menos de 1 % da área de terra total), as florestas depositam demandas elevadas no ambiente (ou seja, em termos de uso de água) em comparação com a área que ocupam e vegetação natural que substituem.

No período entre os anos 30 e 50, a África do Sul estabeleceu várias experiências na bacia para avaliar os impactos da plantação comercial com espécies exóticas nos recursos hídricos em áreas com precipitação elevada. O resultado é que a redução do escoamento utilizável pela florestação comercial está calculada em cerca de 7 %.

Fonte: FAO 2004

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Limpopo


Examine o comércio de água virtual e a pegada de água dos países da SADC


Investigate the dams of the Limpopo basin


Cenas de vídeo filmadas ao longo do rio Limpopo relacionadas com o tema Gestão dos Recursos Hídricos