Botswana Mozambique South Africa Zimbabwe Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Gestão dos Recursos Hídricos

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Demanda de Água: Agricultura  

A agricultura é talvez a actividade económica mais importante na bacia do rio Limpopo, com uma vasta porção da população que depende dela como meio de vida. Na África subsariana, o sector agrícola é o maior contribuinte para o Produto Interno Bruto (PIB) e envolve o maior número de pessoas (FAO2004). Um dos principais desafios enfrentados pela LIMCOM e as instituições nacionais de gestão da água dos Estados-Membros é a equilibração das diferentes necessidades de água provenientes da agricultura irrigada, do abastecimento de água para o uso doméstico e industrial e dos ecossistemas aquáticos (caudais ecológicos).

A contribuição da agricultura para o PIB nos países da bacia varia entre:

  • 4-5 % no Botsuana;
  • 40 % em Moçambique;
  • 4-5 % na África do Sul; e
  • 15 % no Zimbabué (FAO 2004).

A agricultura na bacia do rio Limpopo é tipicamente de low-input baseada numa gestão e utilização extensa dos recursos naturais.

A irrigação da agricultura representa mais de 50 % da demanda total de água na bacia do rio Limpopo conforme notado no Capítulo Uso e Distribuição da Água.

O “escoamento de retorno’” é a água que é retirada de um rio ou de um corpo de água para a irrigação de culturas, e que não é usada pelas plantas de modo que pode retornar novamente para o curso de água.

Agricultura nas planícies costeiras de Moçambique.
Fonte: ARA-Sul 2009
( clique para ampliar )

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Limpopo


Examine o comércio de água virtual e a pegada de água dos países da SADC


Investigate the dams of the Limpopo basin


Cenas de vídeo filmadas ao longo do rio Limpopo relacionadas com o tema Gestão dos Recursos Hídricos